Ser Magra é Ser Saudável?

Magra_SaudavelEu sei, tudo que você mais queria neste verão era estar magra pra praia, né? Mas, diga a verdade, você pensa mais no seu peso ou na sua saúde? Porque, acredite, ser magra não significa necessariamente estar saudável. O funcionamento do seu corpo é o mais importante.

Claro que quando você tem menos índice de gordura a chance de desenvolver doenças é menor. Entretanto, há muitos casos em que as pessoas magras acabam sofrendo tanto quanto quem está acima do peso. Por isso, é sempre muito importante pensar que o seu emagrecimento não pode ser irresponsável e precisa estar diretamente ligado ao bem estar e ritmo do seu organismo. Na prática, isso quer dizer que não adianta você eliminar 10, 20 quilos e abandonar os bons hábitos depois de chegar ao seu objetivo.

Peso x Metabolismo

Um estudo publicado pelo European Heart Journal em 2013 revelou que é preciso estar atento não apenas ao peso, mas principalmente à relação entre peso e metabolismo. Emagrecer à custa de cardápios rígidos pode trazer resultados, mas isso não será suficiente se o seu metabolismo continuar lento.

Uma prova disso é que existem muitos obesos que correm menos chance de sofrer um ataque cardíaco do que magros. Na pesquisa do European Heast, cerca de 40 mil candidatos foram testados, indicando que as pessoas acima do peso mas com metabolismo saudável não tinham qualquer traço de colesterol alto, diabetes ou pressão alta. Isso resultou em 38% dos participantes com menos risco de uma morte precoce, mesmo com sobrepeso.

Medidas x Saúde

Outro fator importante além do peso, são as medidas corporais. A gente sabe o quanto aquela barriguinha incomoda, mas os riscos dos pneuzinho podem ser maiores.

Pessoas com gordura acumulada apenas na barriga, aquela pochetezinha que tanto incomoda, têm mais risco de morte do que aqueles que são gordos por inteiro. No caso da distribuição desigual, o perigo está nos riscos de inflamação e na resistência da insulina.

Saúde x Exercícios

No fim das contas, a magreza não é o grande diferencial para estar saudável. O importante é ter bom condicionamento físico e um metabolismo constantemente acelerado, o que depende muito da quantidade de exercícios físicos que você pratica.

Talvez você não saiba, mas o grande consumidor de açúcar do organismo são os músculos. Portanto, faz sentido que alguém que se exercita – não necessariamente magro – tenha um organismo mais saudável.

Claro que a gente não está dizendo que é pra você largar a dieta agora dicar acima do peso. Pelo contrário, a nossa dica é que você não fique apenas pensando na balança e foque nas mudanças do seu corpo. O bem estar e a diminuição de medidas devem ser prioridade no seu emagrecimento e não apenas os ponteiros diminuindo.