Benefícios do Arroz Integral

Arroz Integral Benefícios do Arroz IntegralO arroz está na mesa das famílias desde sempre e mesmo quem faz dieta de emagrecimento ou mantém uma vida mais saudável também o consome em suas mais variadas maneiras.

Como você já deve saber, existem vários tipos de arroz. E embora o branco seja o mais comum, o integral é o mais incluído e indicado para quem está querendo fazer uma dieta ou reeducação alimentar.

Em geral, o mais consumido é o arroz branco, que passa por um processo em que é descascado, lavado demais e acaba perdendo muitos do seu valor nutritivo. Por ser mais branquinho, mais soltinho, ele acaba sendo também mais comercial para as empresas. Sua venda é maior e consequentemente é o cereal mais barato que o arroz integral. Isso não quer dizer, porém, que ele valha a pena. E uma prova disso é que muitas vezes o produto passa por processos demais, chegando a ser tratado com glicose e parafina para que fique mais brilhoso e com talco, para que fique mais soltinho depois do cozimento.

Enquanto isso, o arroz integral é diferente porque ele não passa por tantos processos que, no fim das contas, destroem o valor nutritivo dele.

O arroz branco, logo de início, é descascado, diferente do arroz integral que fica com a casa, que é uma película fininha de cor castanha: o farelo de arroz.

 Uma vantagem enorme que o arroz integral possui é que ele não contém glúten, o que o faz ser um alimento indicado a quem tem doença celíaca (pessoas com alergia), além de manter a sensação de saciedade por muito mais tempo.

Por ser um alimento rico em fibras, ele ajuda ainda no combate à prisão de ventre e doenças no intestino como o câncer do cólon, e o seu farelo é rico é vitaminas B1, B2, B6, B12 e em minerais.

Além do benefício no trato intestinal, o arroz integral, por auxiliar na liberação de toxinas, ajuda no combate ao mau colestoterol (LDL) e à arteriosclerose.  Esse cereal pode ser consumido pelos diabéticos porque ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e ainda contém selênio, um antioxidante natural que ajuda a manter o metabolismo funcionando perfeitamente.

Para quem está de dieta, o arroz integral é um ótimo aliado à perda da gordura abdominal, porque ele tem muitas fibras, o que estimula o funcionamento intestinal e também por ajudar na liberação das toxinas.

Como em geral todos são mais acostumados a comer o arroz branco, é indicado que se faça inicialmente uma parte dele e misture com o arroz integral até que seja acostumado com o gosto e com a sensação de saciedade que é bem intensa.

O arroz integral pode ser cozido igual ao macarrão numa panela com muita água e um pouco de sal, depois de pronto basta escorrer . Dessa forma ele não leva nem um pouco de óleo e fica mais nutritivo. Apesar disso, também pode ser feito refogado com alho e óleo desde que esse seja algum funcional como o de gengibre, de canola, de soja, para que depois de pronto o arroz integral também fique gostoso sem fazer mal à saúde.

Depois de um certo tempo você vai se acostumar com o gosto, a textura e com a sensação de saciedade; você não vai querer abrir mão do arroz integral, já que sua saúde vai melhorar muito.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Tipos de Arroz e Seus Benefícios Para a Dieta

Dieta Arroz Tipos de Arroz e Seus Benefícios Para a DietaQuem está sempre acompanhando dietas de emagrecimento, de vida saudável, de boa alimentação, sabe que cardápios para a perda de peso sempre contam sugerem o consumo de arroz integral. Mas, será que essa é mesmo a melhor opção para perder aqueles quilinhos extras? E será que só o arroz integral é mais saudável que o arroz branco?

Muitas vezes existem mitos que passam de gerações para gerações, deixando dúvidas sobre o que realmente é verdade e o que é exagero. Assim, nada melhor do que aprender um pouco mais sobre os alimentos, dessa forma fica mais fácil fazer a melhor escolha no almoço e jantar.

A seguir você confere alguns detalhes sobre este que é um dos principais integrantes da mesa da família brasileira:

Benefícios do Arroz:

O arroz é fonte de carboidratos, vitaminas B1 e B2, sais minerais, ferro, zinco e não contém glúten, o que já é um grande benefício para quem é alérgico.

Tipos de Arroz:

 Arroz branco ou polido – é o arroz mais comum, aquele que está presente na mesa da maioria dos brasileiros e o que combina com todos os pratos, mas não é o arroz mais nutritivo. Durante o processo de fabricação tem sua casca removida e é ela que contém mais nutrientes.

É fonte de carboidratos e tem rápido cozimento.

Arroz parboilizado – é um pouco mais nutritivo que o arroz branco, porque seu processo é feito com água fervente e seus nutrientes durante esse processo acabam indo para a parte interna do grão. É um arroz que tem vitaminas do complexo B

Arroz integral – esse arroz não passa pelo processo para ser polido ou refinado, mantendo a camada externa e então dessa forma ele se mantém com todas as suas propriedades nutricionais. É mais escuro que o arroz branco e o parboilizado. O arroz integral além de ter mais manganês, selênio e vitaminas do complexo B, ele é rico em fibras, o que faz o intestino trabalhar melhor e aumenta a saciedade, fazendo com que a fome demore a chegar e você não acabe sabotando sua dieta.

O seu preparo é mais demorado que o do arroz branco e o parboilizado, ele tem grãos mais consistentes, mais duros que o normal e pode ser feito refogado ou cozido na água e sal, mas sempre será preciso mais água do que o normal para o seu cozimento.

Arroz negro – é um arroz originário da china, seu sabor é mais rústico e ele não fica cozido como o arroz branco, ele é mais al dente, mais durinho. É rico em ferro e antioxidantes, que combatem os radicais livres e assim evitam entre outras coisas o aparecimento de rugas na pele do rosto. O arroz negro também tem menos gordura, menos calorias e 30% a mais de fibras que o arroz integral, então ele é muito aconselhado para quem está de dieta e quer uma vida mais saudável.

Arroz arbóreo – é ideal para a preparação de risoto e sobremesas, porque tem muito amido e acaba ficando mais cremoso quando é cozido. Não é muito calórico, mas devido às receitas de risoto, acaba se tornando um prato que pode sabotar sua dieta.

Arroz selvagem – é um tipo bem diferente, seus grãos são longos, escuros e em formato de agulha. Depois de cozido ele fica firme do lado de fora e mais macio por dentro. É mais uma opção que tem bastante fibras e menos calorias que o arroz branco, custa mais caro que os outros mencionados e seu sabor é mais forte.

Arroz vermelho – seu cozimento é como o do arroz branco, sendo que contém mais ferro, zinco e fibras. Contém monocolina, substância que ajuda a reduzir o colesterol, auxilia na circulação do sangue, na digestão e no intestino.

Agora você já conhece os tipos de arroz e pode fazer a melhor opção para sua alimentação, mas lembre-se que o arroz branco é o menos nutritivo. Então para quem está fazendo dieta restritiva, o ideal é que seja consumido o arroz com mais valor de nutrientes. Daqui pra frente, sempre que você for procurar uma dieta e tiver arroz, deixe o branco de lado e até o parboilizado e escolha o que achar melhor para sua saúde.

Quem tem acompanhamento com um nutricionista profissional pode conversar a respeito dos diversos tipos de arroz e pedir que seja inserido na sua dieta. Não esqueça que dieta de emagrecimento não faz milagres sozinha. Quanto mais você se cuidar, melhor.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Dieta dos Alimentos Integrais

Alimentos Integrais Dieta dos Alimentos IntegraisÉ difícil manter uma alimentação baseada somente em alimentos integrais, mas é possível incorporar uma maior variedade desses alimentos em nosso cardápio habitual. Dessa forma, podemos contar com grandes benefícios para nossa saúde e também promover a perda de peso natural.

Abaixo vamos dar algumas dicas que, se incorporadas à sua rotina alimentar, e com uma dieta balanceada são capazes de fazer você emagrecer e chegar ao peso ideal, lentamente, porém com muita saúde e bem estar. Acompanhe nossas dicas e sugestão de dieta:

  • Troque o arroz branco comum por uma mistura mais light e saudável. Acrescente em cada 5 quilos de arroz comum, 2 quilos de arroz integral e cozinhe de forma tradicional.
  • Troque a farinha tradicional usada em bolos e massas por farinhas integrais e os açúcares por adoçantes. O adoçante de folha e estévia é perfeito e a medida é 1 colher de adoçante para 2 de açúcar.
  • Substitua os pães e bolachas por pães e bolachas integrais;
  • Tome muita água durante o dia, nó mínimo 1,5 litros, pois água acelera o metabolismo e estimula a digestão dos alimentos;

Sugestão de cardápio de dieta:

  • Desjejum -> 1 maçã;
  • Café da manhã-> 1 copo de suco ou 1 xícara de café com adoçante, 2 fatias de pão integral com requeijão light e 1 fatia de peito de peru;
  • Lanche da manhã -> 1 iogurte desnatado ou 1 fatia grossa de ricota;
  • Almoço -> 2 colheres de arroz misturado; 1 filé grelhado de peixe, de carne ou de frango; 1 concha de feijão ou lentilha; 1 colher de farofa de linhaça; salada de alface, tomate, rúcula, couve-flor, brócolis, cenoura, chuchu;
  • Lanche da tarde -> 1 barra de cereal ou 1 pedaço de bolo de milho, 1 copo de suco;
  • Jantar -> 1 prato de sopa de legumes com frango desfiado ou 1 shake de fibras batido com 1 fruta e 1 colher de linhaça;

Com esta dieta simples e saudável, você pode, com persistência, emagrecer e chegar ao peso ideal, de forma simples e saudável. E o mais importante, sem receitas mirabolantes ou milagres, apenas um alimentação balanceada e saudável. Encare a dieta, estabeleça metas e se pese a cada 2 semanas para controlar a ansiedade, e você vai se empolgar com os resultados.

Goji Actives a Base de Goji Berry