Alimentos Com Calorias Negativas

Melancia Alface Alimentos Com Calorias NegativasConfesse, você já sonhou com o dia em que vai poder comer qualquer coisa e não engordar, não é!? Embora esta possibilidade ainda esteja longe, a boa notícia é que existem alimentos com calorias negativas. Sim, alimentos que você pode consumir sem medo e que ainda vão te ajudar a perder peso com saúde.

Para você entender melhor, é importante que fique claro que não é que o alimento não tenha calorias. Na verdade, neste caso, a principal característica é que são poucas calorias e muitas fibras, o que faz com que o corpo precise trabalhar bastante para fazer a digestão, o que acaba gastando mais calorias do que você ingeriu. E vale dizer, estes não são termogênicos, estes também aliados das dietas. Os termogênicos produzem calor na digestão, e o aumento no metabolismo torna o corpo mais ativo para consumo de mais calorias.

Como o gasto energético varia de indivíduo para indivíduo, em relação aos alimentos de calorias negativas, não é possível afirmar de forma precisa a diferença entre ganho e queima das calorias. Ainda são necessários mais estudos para determinação desta quantidade, a única certeza é de que contribuem para o emagrecimento. Veja exemplos destes alimentos:

  • Melancia: a melancia é rica em fibras e muitos nutrientes, auxiliando na hidratação, pela composição de 90% de água. A fatia de 100 gramas possui 35 calorias, com vitaminas A, B1, B2, B3 e C, cálcio, fósforo, potássio e glutationa, esta que é aliada para combater envelhecimento precoce. A melancia pode auxiliar no combate à hipertensão.

  • Alface: o alface é um item comum nas saladas, e exemplo de caloria negativa, pois a cada 100 gramas existem somente 11 calorias, com ferro, potássio, vitamina A, C, fibras e betacaroteno. As propriedades medicinais são exploradas em sucos e chás, como calmantes e antialérgicos.

  • Abobrinha: a abobrinha é rica em magnésio, cálcio, potássio e proteínas, sendo excelente opção para acrescentar no cardápio da dieta, e para cuidado com saúde dos ossos e coração, e renovação das células. O ganho é considerado ínfimo de calorias, pois são em torno de 20 kcal em porção de 100 gramas da abobrinha.

  • Pepino: o pepino é considerado diurético natural com função importante em tratar cálculos renais. O pepino possui antioxidante, para auxílio em evitar envelhecimento precoce e prevenção do câncer, infecções e doenças cardiovasculares. E contém nutrientes como vitaminas B5, magnésio, potássio e carotenóides. Em 100 gramas deste vegetal, há somente 18 calorias.

É importante lembrar que, para emagrecer, não é interessante realizar regime somente com alimentos de calorias negativas. Isso porque o organismo precisa de equilíbrio entre macronutrientes e micronutrientes, com necessidade diária de proteína, gordura e carboidrato. Dessa forma, a dica é manter uma dieta balanceada entre estes nutrientes e os alimentos de calorias negativas. Assim, você vai perder peso enquanto mantém seu corpo saudável.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Farinhas de Frutas Para Emagrecer

Farinha Uva Farinhas de Frutas Para EmagrecerSe tem uma coisa que pode fazer uma imensa diferença na sua dieta é a inclusão de farinhas de frutas em seu cardápio de emagrecimento. Preparadas a partir de cascas de frutas como amora, laranja, maracujá, maçã, uva e banana verde, estas farinhas podem ajudar a perder peso mais rapidamente e tem se tornado cada vez mais populares.

Rica em fibras, este tipo de farinha possui substâncias antioxidantes que agem contra o envelhecimento celular precoce, além de ter vitaminas e tornar a absorção dos carboidratos e gorduras mais lenta. Isso acontece porque a farinha de fruta aumenta o denominado bolo alimentar, este formado no processamento da comida e na digestão pelo estômago.

De maneira geral, as cascas das frutas agem na perda de peso pela contribuição para saciedade da fome, já que o alimento fica retido por tempo maior no estômago. Assim, as farinhas de frutas associadas à dieta alimentar, podem apresentar emagrecimento de até 3 quilos por mês. Veja exemplos:

  • Farinha de Uva Vermelha: a farinha de uva vermelha, pelo antioxidante natural, evita acidentes vasculares e complicações cardíacas, e reduz taxas do mau colesterol. Este alimento ativa a circulação, com inibição do surgimento de varizes, e retarda o envelhecimento, contribuindo para combater doenças de pele.

  • Farinha de Amora: a farinha de amora é fonte de substâncias antioxidantes, como polifenóis e flavonóides, então, a farinha atua contra excesso de radicais livres e na prevenção do envelhecimento precoce.

  • Farinha de Banana:farinha de banana se destaca pelo alto teor de fibras de amido resistente, ajudando na perda de peso e funcionamento do organismo; é rica em vitaminas A, B e C, com ação antioxidante, auxiliando na melhora da hidratação e rigidez da cútis.

As farinhas de frutas são repletas de benefícios, porém é importante não exagerar. A quantidade máxima para consumo diário é de 3 colheres de sopa, combinando com iogurtes, leite, saladas, tortas, vitaminas, massas, ou sopas. Uma boa dica é apostar em biscoitos e pães, por exemplo.

A dica para resultado satisfatório é manter alimentação balanceada. A farinha produzida com cascas de frutas, que é indicada para qualquer idade, sem efeitos colaterais, pode ser adquirida em lojas de produtos naturais; sendo possível preparar em casa.

Para fazer o alimento em casa, é indicado colocar a fruta de preferência, depois de lavada, cortada e seca, em travessa refratária, levando para forno durante 30 minutos. Depois, basta triturar e coar as cascas, colocando as mesmas em um frasco de vidro. O consumo deve ser em até 15 dias.

A atenção é com hidratação, sendo necessários aos menos 8 copos de água, diariamente, pois as fibras exigem líquido para auxiliar o intestino a funcionar; na ausência de água, o efeito pode ser contrário. Ou seja, adicione ainda mais água à sua alimentação diária, aumentando assim as chances de emagrecer com saúde.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Conheça a Dieta dos Líquidos

Dieta Liquida Conheça a Dieta dos LíquidosImaginar longos períodos seguindo uma mesma dieta, geralmente com muitas restrições alimentares, costuma ser um grande empecilho para quem quer emagrecer. Além de ser difícil, pode também ser prejudicial para a saúde. Nestes casos, as dietas mais curtas podem ser mais eficientes, e este é o caso da Dieta dos Líquidos, que deve ser seguida por apenas 4 dias.

Na verdade, se você quiser perder mais peso, pode até fazer esta dieta por mais tempo, no entanto, intercalando estes períodos com dias de alimentação normal. Por não ser prolongada, esta dieta não tem riscos para a capacidade das atividades físicas, com possibilidade de continuar a freqüência na academia. Lembrando que sempre que para perder peso é essencial a atividade física regular, contribuindo assim para a queima de calorias.

No geral, a dieta dos líquidos pode ser realizada a cada 20 dias, sendo que a principal dica é tomar cuidado para não exagerar neste período e acabar boicotando os resultados conquistados.  

Funcionamento da Dieta dos Líquidos

A dieta dos líquidos gera uma espécie de choque no organismo, com alimentação líquida por 4 dias, reduzindo de forma drástica a quantidade de carboidratos do organismo. Durante estes dias, o metabolismo acaba sendo obrigado a abandonar a zona de conforto, queimando as gorduras acumuladas. E se for acompanhada de uma reeducação alimentar, é infalível.

Isso porque durante os 20 dias entre uma dieta e outra, pode ser que seu corpo acabe se acostumando com a nova alimentação, cessando a perda de peso. No entanto, ao intercalar a reeducação e a dieta líquida, seu corpo se mantém em constante evolução.

E para acelerar ainda mais os resultados, é importante variar o cardápio diário, fazendo trocas inteligentes como trocar leite desnatado por leite de soja, arroz branco pelo arroz integral, gelatina pela laranja, pão francês por 5 bolachas água e sal, espiga de milho pela mandioca, etc. Também é interessante trocar mussarela pelo queijo branco, e 1 concha do feijão por 3 colheres de sopa de grão de bico, entre outros.

Cardápio da Dieta dos Líquidos

No café da manhã, a sugestão é uma vitamina de mamão, maçã e banana; a dica é usar leite desnatado e adicionar 1 colher de sopa de linhaça. No lanche da manhã é interessante 1 copo de iogurte, com preferência para o desnatado.

No almoço são sugeridas sopas e caldos de legumes; são indicadas sempre sopas caseiras, adicionando carnes magras e variedade de hortaliças e legumes. No lanche da tarde é ideal a gelatina, 200 ml de iogurte e água de coco. No jantar, volte às sopas e caldos, lembrando sempre que não podem ser muito pesados.

Para manter a disposição, é interessante também fazer um shake nutritivo. Um exemplo de shake: 3 morangos, 1 maçã, 1 kiwi, 1 punhado de sementes de abóbora ou girassol, 2 colheres de sopa de granola diet, 1 castanha-do-pará, 1 colher de mel e suco de fruta da preferência. Para preparar, é necessário adicionar ingredientes no liquidificador, batendo bem.

Vale dizer novamente que esta dieta pode ser repetida conforme necessidade, mas com um intervalo entre 15 e 20 dias, para que seu corpo acompanhe as mudanças e continue se superando constantemente.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Dieta do Pepino para Eliminar Até 4,5 kg em 3 Dias

Dieta Pepino Dieta do Pepino para Eliminar Até 4,5 kg em 3 DiasSabe quando você quer emagrecer rápido, em poucos dias? Para estas ocasiões, a melhor opção é a Dieta do Pepino. Bastante restritiva, esta é uma dieta radical, recomendada apenas para emagrecimentos de emergência, podendo ser seguida por apenas 3 dias.

Devendo contar com um cuidado extra com a hidratação, a dieta do pepino pode eliminar até 4,5kg em apenas 3 dias. Ou seja, os resultados surgem rapidamente, mas exigem muita disciplina e dedicação ao cardápio.

Muito recomendada para quem sofre com a retenção de líquidos, podendo acabar com a sensação de inchaço, o que contribui para diminuir as medidas. Contudo, vale dizer que não serve como reeducação alimentar, que garante mais resultado a longo prazo. É mais uma dieta para perder peso com rapidez.

Para quem decidir fazer esta dieta mais de uma vez,  é necessário respeitar período de alguns dias na alimentação normal, entre duas dietas. Assim é realizada reposição de nutrientes perdidos na dieta do pepino, como potássio e sódio.

A dieta do pepino é prática para realizar. Basicamente, durante 3 dias você só vai consumir água e suco de pepino. A principal regrar é ingerir somente suco de 1 pepino diariamente, sem ultrapassar 3 pepinos pelo dia.

Suco de Pepino

Para preparar o suco, você vai precisar de 1 pepino caipira com casca, 1,2 litro de água gelada e 1 pacote de suco light em pó com sabor da preferência. Após lavar bem o pepino, é importante cortar em pedaços, com a casca e bater no liquidificador até dissolver totalmente. Depois disso, você precisa coar a mistura, para retirar a espuma e parte fibrosa do pepino. A bebida deve ser levada à geladeira, para consumir ao longo do dia, sempre que sentir fome.

É importante que depois da dieta do pepino você evite o exagero de alimentos sólidos, já que seu corpo estará se recuperando da dieta líquida. É normal sentir-se faminto, porém, é necessária muita cautela nas quantidade de comida pós dieta.  É fundamental não alimentar-se em grande quantidade e na pressa, uma porção pequena será suficiente para a saciedade. Coma a cada 3 horas, e aos poucos, até que seu organismo se adapte.

É importante também evitar comidas muito gordurosas e de temperos fortes, pois o sistema digestivo fica sensível por alguns dias. Depois disso, é possível retornar à alimentação normal, partindo então para uma reeducação alimentar que possa manter os resultados conquistados.

Goji Actives a Base de Goji Berry

Benefícios da Dieta Vegetariana

Dieta Vegetariana Benefícios da Dieta VegetarianaSe, além de querer emagrecer, você quer também manter sua consciência livre de qualquer risco de maus tratos aos animais, a Dieta Vegetariana é a melhor opção. No entanto, para manter essas criaturas da natureza bem protegidas, você precisa cuidar também da sua saúde, já que a carne possui nutrientes que seu corpo precisa, mesmo em processo de emagrecimento.

A dieta vegetariana é popular há muito tempo, e nos dias atuais, existem 2 padrões alimentares diferentes em relação aos vegetarianos. O primeiro padrão é seguido por ovolactovegetarianos, que têm alimentação com base em cereais, frutas, amêndoas, laticínios, ovos, castanhas e leguminosas; estas são lentilha, ervilha, soja, feijão e grão de bico. São excluídas carnes, de modo geral, que são aves, carne vermelha e peixe.

O segundo grupo é composto por vegetarianos restritos, ou vegan, e o consumo é limitado de qualquer alimento de origem animal.

Nos dois padrões, os pães e as massas são fundamentais para que seja possível criar muitas combinações das receitas, pois estes itens e outros carboidratos são fonte principal para energia dos vegetarianos.

É essencial entender que a escolha por esse tipo de alimentação deve ser estabelecida com cuidado, para manter a saúde e atingir os benefícios. Mais um aspecto a observar é que como qualquer dieta, se é excedida quantidade de calorias diárias, o vegetarianismo pode ocasionar ganho de peso. Ou seja, não basta excluir a carne para emagrecer, é preciso equilíbrio no cardápio de qualquer maneira.

Características da Dieta Vegetariana

Foi demonstrado por muitos estudos na área nutricional que alimentação vegetariana pode ser estabelecida sem prejudicar a saúde, mas que a atenção com determinados nutrientes é muito importante, principalmente em relação a ferro, vitamina B12 e cálcio.

  • O cálcio pode faltar em especial para vegans, já que neste caso é excluído leite e derivados. A dica para que não ocorra deficiência é acrescentar todos os dias, diferentes fontes de cálcio no cardápio, como gergelim, tofu, vegetais verde-escuros, bebidas com base em soja e enriquecidas em cálcio.

  • A vitamina B12 é preocupação somente para vegetarianos restritos, pois é presente só em alimentos de origem animal. Mas a deficiência apenas acontece após alguns anos da restrição alimentar, e a duração da reserva no organismo é de 4 a 5 anos. É necessária atenção e consultar médico ou nutricionista para suplementação da mesma, se é o caso.

  • O ferro é presente em qualidade superior em carnes, e fator para atenção dos vegetarianos, em especial, os que não ingerem da maneira adequada os vegetais verde-escuros e leguminosas. Os vegetais verde-escuros são espinafre, agrião, brócolis, couve e almeirão. Já as leguminosas são soja, lentilha, ervilha e feijão. Vegetais verde-escuros e as leguminosas são fontes de origem animal. Para melhor absorção de ferro destes alimentos, a dica é ingerir em conjunto fruta cítrica, sendo a laranja um exemplo.

Benefícios e Dicas da Dieta Vegetariana

A alta ingestão de fibras e antioxidantes é um grande benefício da dieta vegetariana. Aposte em legumes, frutas e cereais integrais, como arroz integral, aveia, quinoa, pães integrais, amaranto, entre outros. Há estudos apontando que vegetarianos apresentam menos riscos para doenças crônicas como pressão alta, colesterol alto, e diabetes. E se você quer perder peso, pode ser uma boa maneira de combater tais doenças, tão comuns para quem precisa emagrecer.

Uma dica para compor uma refeição vegetariana saudável: misturar uva passa, macarrão em formato gravata, damasco e amêndoas. Mais uma sugestão é macarrão parafuso, o chamado fusili, com rúcula e nozes. Para outro prato principal, vale também uma lasanha com escarola. Ou ainda penne integral com vegetais e ervilha, ou talharim com legumes e cogumelo shitake.

Como você notou, os pratos podem ser calóricos, por conter mas, entretanto, por contar com recheios mais leves, estas podem ser boas opções para o seu dia a dia, principalmente se você praticar exercícios regularmente.

Goji Actives a Base de Goji Berry