Dietas Rápidas

Dietas Rápidas 300x225 Dietas RápidasA obesidade é um problema de saúde pública no Brasil, nos Estados Unidos e em diversos países ao redor do mundo.
Somente nos Estados Unidos 30% da população é obesa, aumentando os riscos de sofrerem de hipertensão, diabetes além de patologias cardíacas.
Assim existem muitos estudos e pesquisas sobre a obesidade, buscando soluções que possam auxiliar essas pessoas a perder peso, o que é sempre muito difícil, especialmente para as crianças.
Profissionais da saúde e nutricionistas se alternam ao recomendar dietas tradicionais, balanceadas, métodos alternativos, remédios fitoterápicos e até substancias químicas quando se avalia os riscos/benefícios. Atualmente existem estudos que buscam avaliar os benefícios ou não das dietas rápidas, e seus efeitos a médio e longo prazo.

Alguns conceitos são formados ao longo do tempo e se tornam correntes entre todas as pessoas, e deixamos de questionar sua verdadeira base. Esse pode ser o caso do conceito que temos sobre as dietas de emagrecimento rápido, sobre as quais fomos ensinados a encarar como prejudiciais a saúde e de efeito temporário. Recentemente a psiquiatra e nutricionista americana Susan B. Roberts lançou nos Estados Unidos o livro The Instinct Diet – A dieta do instinto, em que esses conceitos são questionados e os efeitos positivos das dietas rápidas sobre o nosso organismo são valorizados.

Segundo a teoria da nutricionista americana, muitas vezes é necessário uma medida radical, capaz de causar impacto em nosso organismo para que este reaja, assim cortar as calorias diárias drasticamente, mudando a rotina alimentar pode ser saudável e ter efeitos positivos, mesmo consumindo uma média de 1,2 mil calorias por dia. As dietas rápidas podem funcionar, desde que haja bom senso e não se exclua grupos de nutrientes que sejam importantes ao equilíbrio do corpo, pois a o risco de se perder massa muscular e líquidos ao invés de perder gordura.

Para a nutricionista as dietas rápidas com a ingestão muito baixa de calorias pode ser indicada para pessoas obesas que necessitam ou desejam perder peso rapidamente. São consideradas dietas rápidas de muito baixa caloria, dietas com cerca de 80 calorias diárias. Essas dietas podem ter efeitos positivos contudo precisam ser supervisionadas por um profissional da saúde, com um cuidado especial para que contemples todos os nutrientes para o organismo, evitando uma pane. Algumas dietas rápidas indicam o uso de suplementos alimentares vendidos nas farmácias, que podem substituir uma ou duas refeições. O uso desses suplementos podem ser benéficos uma vez que possuem todos os nutrientes, vitaminas, proteínas e minerais que o organismo necessita para manter suas atividades diárias sem perder sua energia.

Enfim, de acordo com os estudos da nutricionista, publicados em seu livro, as dietas rápidas podem sim, ser benéficas no tratamento de pessoas com obesidade moderada até extrema.

O que você achou? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *